https://www.poetris.com/
Poemas -> Góticos : 

"Level????"

 
Tags:  fixed  
 




"Quem sonha de dia tem consciência de muitas coisas que escapam a quem sonha só de noite."

(Edgar Allan Poe)


























tal área
esta, dispersa ao alivio de ar, e.por, ruído...
(e lado. meu.)
anexo,
preparado ensaio às demais trocas ou/em partes-evidências
únicas! e.seriam.. estas(plenas!)
únicas(sim!)
e todas(todas!) e.de ti

acima-rumo(sempre!), a decompor, o:
que restar destas vagas de passo,
ou laços
dos quais me prendem e cortam
- oh! luz, vinde a me perder...

Dê-me caso e algo pra acreditar...

preferível sonho gasto.,
maldito cálice por palavras de pasto
quais
a um dia de ensaio alheio e/ou tolo-devaneio
eu.ora,
te
quis, ora,(e.não vi/nem soube)
per-fazer...

vã,
à minha tenda

morada-atada dos sonhos-instantes e mitos
(casa caída por tatuagem de escombros...)

in.sentidos

não.
não vejo mais o que me fazia caminhar
não.
não tenho mais à curva inclinada deste sol e.por acossa
não.
ah, e eu não sinto mais o ponto-linha de início,(o qual não me importava o final)

eu me perdi à tarde de um sonho ,
por um anexo referido, por um fogo patrono, eu:
que, acordei

ora,

- deve-me!
um poço de lava d'onde esconderei as pedras partidas destas cartas
- deve-me
um traço de vinho por tinta à minha margem
(ou à tua imagem)
deve-me à minha lança por empalar os cães atormentados que me insistem a latir

oh! a queda da casa dos quadros
me retire de lá...

pedaço quase solto da minha vida que te servi
ora, quase,
por um pouco, e que eu quis, e.de ti,


onde...






a retirar

 
Autor
Azke
Autor
 
Texto
Data
Leituras
79
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.