https://www.poetris.com/
Sonetos : 

DIA DOS PAIS

 
Tags:  luciano    soneto    dia    Spagnol    araguarino    pais  
 
AOS PAIS AUSENTES...
FELIZ DIA DOS PAIS, AOS PRESENTES!

A Voz do Meu Pai (soneto)

A voz do meu pai, hoje é em tons de recordação
Aglutinadas na falta do eco de tua presença
Em suspiros de tua toada rija, suave fustão
Que acariciaram e, fremiram em defensa

O quanto lidaram, e dos justos a tua razão
Velho pai, a tua voz jaze na lástima intensa
Nas lembranças agonia acridoce no coração
E, no entardecer do cerrado, a renascença

Pois, havia na tua voz sim e também não
Que agora na vida nos dá a recompensa
Do teu jeito forte, e para sempre lição

Tal contra o vento árido, a nostalgia prensa
A tua voz, levadas como folhas da estação
E na saudade, uma eterna saudade imensa

© Luciano Spagnol
Poeta do cerrado
Agosto de 2017
Cerrado goiano


"Sou alma do cerrado, pé no chão, do Triângulo, do chapadão... Pão de queijo com café, fogão de lenha,das vilas ricas, arraiais, sou filho de Araguari, das Gerais".
Luciano Spagnol




 
Autor
LucianoSpagnol
 
Texto
Data
Leituras
58
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.