https://www.poetris.com/
Frases e Pensamentos : 

POIS EU

 
 
POIS EU
 
 
POIS EU

Tremo, escrevo, páro, escuto
Verto todas as lágrimas do mundo
Reduzo-me ao látego que me flagela
O corpo que deixo habitar na minha alma
Reduzo-me ao que sou, que não é nada
Barro de argila seco insnificante
Apenas um naco de nada sem nada, a vida
É crua, dura com o fel de uma víbora
Uma árvore que definha e seca de pé
Conquistando um fulcro vazio e potente
Sou quem há muito morreu vaguiei sem sair
Sair de onde pregunto, eu se sou um látego
Roto, vestido de farrapos velhos deixados
No lixo por alguém mais pobre que eu
Perdi-me enquanto sou escravo da vida
Tornei-me numa pessoa encarcerada de mim
Sem uma réstia de fé, na carne que me fustiga
Tremo, escrevo, paro, sorvo, choro
De olhos vedados fechados, veio-me à memória
O cheiro da terra, do capim molhado
Parece-me um poema, mas eu sou apenas um látego.

Open in new window



















Nasci em Angola - Luanda em 1966.
Sou Portuguesa- Lisboa.
Casada e feliz-1985
Tenho 8 filhos que são o sol da minha vida.
Não me considero poetisa
descobri escrevendo por acaso

Maria
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
132
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
7
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 25/08/2017 16:35  Atualizado: 25/08/2017 16:35
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Setúbal, Azeitão Portugal
Mensagens: 679
 Re: Poiseu
tb gostei do que escreveu.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/09/2017 16:32  Atualizado: 02/09/2017 16:32
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 27426
 Re: POIS EU
Sentidos que si vai, ventos que trazem aquele sentimentos onde o amor grita os instantes que fustigam um intensa dor


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 08/10/2017 09:59  Atualizado: 08/10/2017 09:59
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 10570
 Re: POIS EU P/IsabelRFonseca
Um bonito poema, gostei muito! Mas Deus não castiga
ninguém, Ele é amor, caminho e verdade e que a fé nunca a abandone e acredito que seja só um poema muito lindo, beijocas grandes Vólena

Enviado por Tópico
*Susie
Publicado: 08/10/2017 14:35  Atualizado: 08/10/2017 14:35
Colaborador
Usuário desde: 25/11/2015
Localidade:
Mensagens: 828
 Re: POIS EU
Olá

Poema forte, mas há um pessimismo eminente, não creio que alguém que tenha tanta sensibilidade possa sentir o que escreveu, és poetisa, portanto acredito que seja apenas um "poema fingidor"... Espero ...

Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 09/10/2017 13:17  Atualizado: 09/10/2017 13:17
Super Participativo
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 165
 Re: POIS EU
Lindo poema cheio de tristeza e angustia. Como só os poetas sentem.
Abraço Isabel