https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Borrões de Tinta

 
Já não és a aguarela, apenas um borrão de tintas confusas, porque as minhas lágrimas se derramaram de dor sobre a tua infâmia.
E as aguarelas deixaram de existir para sempre.


Triste Poet@
(João Loureiro)

Open in new window

Lisboa, 12/12/2012.
 
Autor
Triste.Poeta
 
Texto
Data
Leituras
274
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
3
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 06/10/2017 12:12  Atualizado: 06/10/2017 12:14
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29335
 Re: Borrões de Tinta
O desencanto do amor chora dentro de um coração apaixonado


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 14/06/2019 09:44  Atualizado: 14/06/2019 09:44
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2072
 Re: Borrões de Tinta
Prazer em vê-lo !