https://www.poetris.com/
Poemas : 

O Enigma do Poeta

 

Ei-lo...
Como alcançar aquela flor no alto da montanha?
Se tentar escalar, corro o risco de cair abismo abaixo...
Se esperar demais, o Tempo a flor murchará!...
Caso o topo eu alcance:
Se eu a colher, logo fenecerá,
Do contrário, seria uma flor de plástico, falsa e sem perfume...
Pode ser que eu não seja o único a desejá-la;
E que outros já estejam indo ao Grande Encontro...
Talvez até já faça parte de um jardim, e eu passe por invasor...
Talvez tenha espinhos que me venham ferir a alma...
Talvez... sempre talvez...

 
Autor
Rafael007
Autor
 
Texto
Data
Leituras
126
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Sebastião-Nascimento
Publicado: 12/01/2018 04:22  Atualizado: 12/01/2018 04:22
Super Participativo
Usuário desde: 09/01/2018
Localidade: João Pessoa, Paraíba
Mensagens: 116
 Re: O Enigma do Poeta
Bela poesia, digo isto não somente por ter continuação de sentido, algo que sempre me foge, mas por ser bem construída tanto em métrica quanto em texto.