https://www.poetris.com/
Poemas : 

Antúrios*

 
**

Antúrios*

há dias que me perco
em açudes dentro de mim
há antúrios nas margens
colorindo meu olhar aberto
as escolhas são perfeitas
e o tempo um ínfimo detalhe
escalo horizontes de afetos
no meu sentir cordilheira

há noites que só prossigo
se sonhos reverberam
se jardins extrapolam
em camadas do meu peito
a realidade é brisa fresca
limites são ilusórios
há estrelas iluminando
beijos de amoras e framboesas

há instantes que sou música
e o caminho é puro e sensório
sinto-me envolta pelos sonhos
há vontades pulsando nas partituras
trinados magníficos me enlevam
meu corpo é um hino
sou total introspecção
da felicidade tenho a plenitude
e em amor divago
meu coração menino



Simone karinna* meu eu poético

 
Autor
karinna*
Autor
 
Texto
Data
Leituras
72
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 12/02/2018 13:35  Atualizado: 12/02/2018 13:35
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3379
 Re: Antúrios*
Minha querida Karinna. Descer, devagar, (a)o(s) seu(s) poema(s), é ascender, simultâneamente, a um espaço entre oásis aberto a todas as cores puras, a todas as sensações finas... e a um refúgio labiríntico onde se guardam sonhos, e se escondem dores, e se reservam forças... para ver o mundo com Poesia. Sempre.

Beijinho. Sempre.

T