https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Depois te escrevo ou a lucidez de Alice...

 
Depois te escrevo ou a lucidez de Alice...
 













Depois te escrevo ou a lucidez de Alice,





Detrás do espelho tu Alice,
Me diz se sou coelho ou gato,
Pois quando toco o ar deste
Lado ele sempre estremece,

Tão lácteo, lívido quanto havia
De alva cal na parede de onde sais,
Noutro vazio dum quarto branco,
Bruscamente deixa de aí ter

Um espelho pra ser luz encanto,
Tu Alice, eu coelho vidente,
O que não havia era Rainha
Sem rei, serei alguém d'engano,

Além de Coelho sou quem
Bocejo defronte ao espelho,
Onde não me veja pairar,
Pois quando toco o ar,

Faz frio e rio de mim pra mim,
Alice é o Coelho, sinto que
O outro lado é aqui mesmo,
Decido eu ou não eu o que vejo,

Detrás do espelho tu ou Alice,
Ou sentir somente com a alma,
Como só a alma sente sentir,
Frente ou interior de espelho,

Eu nem a espelho chego,
Quando mais ao trono,
Que não está do meu lado,
Alice foi embora do palácio,

Era rainha, serei ninguém ou
Rei, dormirei quanto ele
Frente ao espelho, depois te
Escrevo ...Depois te escrevo

( Depois te escrevo )







Joel Matos (02/2018)
http://joel-matos.blogspot.com































Joel Matos , aliás namastibet

 
Autor
Joel-Matos
 
Texto
Data
Leituras
1302
Favoritos
9
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
116 pontos
24
10
9
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 21/02/2018 09:22  Atualizado: 21/02/2018 09:22
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2003
 House of Stories 3, Paula Rego
Open in new window



Enviado por Tópico
Jdcc1
Publicado: 21/02/2018 11:48  Atualizado: 21/02/2018 11:48
Colaborador
Usuário desde: 17/10/2017
Localidade:
Mensagens: 705
 Re: Depois te escrevo (Uma palavra)
Uma palavra
(Chacal)


uma
palavra
escrita é uma
palavra não dita é uma
palavra maldita é uma palavra
gravada como gravata que é uma palavra
gaiata como goiaba que é uma palavra gostosa



Enviado por Tópico
boxer
Publicado: 02/03/2018 16:50  Atualizado: 02/03/2018 16:50
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2009
Localidade:
Mensagens: 745
 Re: Depois te escrevo ou a lucidez de Alice
É tão banal dizer-se que se adora Paula Rego...
Obrigado por trazê-la, às cavaleiras de um poema tão louco e tão lúcido como as suas pinturas.
É a pintora ideal para acompanhar os seus textos -- que provocam, envolvem, assustam :)

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 02/03/2018 17:54  Atualizado: 02/03/2018 17:54
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2003
 Liberdade Poética
LIBERDADE



Aí que prazer
Não cumprir um dever,
Ter um livro para ler
E não o fazer!
Ler é maçada,
Estudar é nada.
O sol doura
Sem literatura.
O rio corre, bem ou mal,
Sem edição original.
E a brisa, essa,
De tão naturalmente matinal,
Como tem tempo não tem pressa.

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.



Quanto é melhor, quando há bruma,
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!


Grande é a poesia, a bondade e as danças…
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol, que peca
Só quando, em vez de criar, seca.


O mais do que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças
Nem consta que tivesse biblioteca…

16-03-1935



Open in new window

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 08/04/2018 19:12  Atualizado: 08/04/2018 19:24
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2003
 Re: Depois te escrevo ou a lucidez de Alice
"Toda a gente fala sobre o tempo ... nós não," «Que a pólvora substitua ao cheiro fétido do fascismo democrático com que a ditadura burguesa escraviza o planeta»
https://5dias.wordpress.com/2013/10/18/lobeissance-est-morte/
Open in new window




Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 04/06/2018 18:36  Atualizado: 04/06/2018 18:36
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2003
 Re: Depois te escrevo ou a lucidez de Alice

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 10/12/2018 09:36  Atualizado: 16/12/2018 10:29
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 974
 .
.

Enviado por Tópico
Jdcc1
Publicado: 08/02/2019 12:21  Atualizado: 08/02/2019 12:21
Colaborador
Usuário desde: 17/10/2017
Localidade:
Mensagens: 705
 Re: Depois te escrevo ou a lucidez de Alice...
Opus magnum


Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 13/03/2019 12:04  Atualizado: 22/03/2019 12:32
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 974
 ...A verdade amedronta os cínicos !
A verdade amedronta os cínicos ! Aos pacíficos, o mal !

Aqueles que expulsámos de lá por conduta inadequada ?
Cuidado com o que divulga? (é segredo mal guardado?)

(Temos conduta Bolsatãnica?)



Open in new window


https://noticias.gospelmais.com.br/pas ... cravizar-fieis-78674.html


Acredito no silencio e no amor quando posso, Pois que na posse não há amor nem silencio, impor é pro amor como o azeite para a água ou o vinho na comunhão das almas puras, falso e vicioso o som que faz um padre se o vaso é apenas vaso e a água apenas água e fraude.





Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 28/03/2019 15:31  Atualizado: 28/03/2019 15:31
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2028
 Adeus
Open in new window

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 18/07/2019 17:10  Atualizado: 18/07/2019 17:10
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2028
 Re: Depois te escrevo ou a lucidez de Alice...













Acredito no silêncio e no amor quando posso, Pois que na posse não há amor nem silencio, impor é pro amor como o azeite para a água ou o vinho na comunhão das almas puras, falso e vicioso o som que faz um padre se o vaso é apenas vaso e a água apenas vinagre e fraude.