https://www.poetris.com/
Poemas : 

Novembro

 
"O tempo,
A imparcialidade do tempo."

A evidência,
A clarividência.

O rancor e o rancoroso,
Um ciclo vicioso.

O vai e vem,
Finge-se que tudo está bem.

A voz e a inverdade,
A irresponsabilidade.

Desequilíbrio emocional,
Ranço psico-social.

Teimosia insistente,
Persistente.

A vontade, o ato e o erro,
Choro, limite e desterro.

O ônus depressivo,
Repressivo.

O vislumbre que desmembro,
Ah, o cotidiano mês de novembro.

"O tempo,
A imparcialidade do tempo."


Jeferson_dcc

"Não sou aquele que sabe, mas aquele que busca."
(Hermann Hesse)

(...O calendário dos egos está por fim concluído)
 
Autor
Jdcc1
Autor
 
Texto
Data
Leituras
27
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.