https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Como rei deposto numa nação de rosas ...

 
Como rei deposto numa nação de rosas ...
 








Como rei deposto numa nação de rosas,
Tenho palavras sem futuro, sem álibi
Nem provas, a recordação é um mito
Tal como o universo é infinito, as rosas, flores.

Coroai-vos de espinhos e tereis ares de rei,
Coroai-me das mesmas e renunciarei nesse dia
Ao trono temendo que elas aí murchem,
Tal como a maioria dos homens que sonham

E não podem ter, sensibilidade é aquilo que
Não se pode possuir, digamos que é
Preciso sentir pra ser leal à ideia do príncipe,
Ser vencido é abdicar dessa realidade de

Dimensão divina como rei deposto numa
Nação de rosas, vê-las é o sentimento desfraldado,
desfeito o pau da bandeira, do Império,
Como um rei deposto numa nação sem rosas,

Um testemunho antigo acrescenta à razão
Não só o que me faz, mas o que traz meu
Coração súbdito do rei, do reino longínquo
Que é onde a utopia é estrela e a coroa é de farsa ...






Jorge Santos (05/2018)
http://namastibetpoems.blogspot.com




 
Autor
Jorge-Santos
 
Texto
Data
Leituras
368
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
3
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 09/05/2018 20:26  Atualizado: 09/05/2018 20:30
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade:
Mensagens: 1865
 L´important cest la Rose - Amália Rodrigues

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 12/05/2018 10:57  Atualizado: 12/05/2018 11:00
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade:
Mensagens: 1856
 Fezes de cavalo !!!"immunditia".








“Há pessoas tão cheias de si e que andam com seus narizes tão empinados que despercebidamente passam por valiosos tesouros e com a mesma distracção pisam nas fezes do cavalo...”"immunditia".






― Augusto Branco