https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Fabuloso, fictício ou fábula ...

 
Fabuloso, fictício ou fábula ...
 





Fabuloso, fictício ou fábula ...




Visto o que da natureza é bruma,
O mais completo que o sentir
Natural sente, é humana a outra,
Visto a que não é real na relação

Entre ambos, completamos-nos
Visto que somos natureza útera
A real, a fictícia e a fábula, todas
Duma mesma casca ou escama una,

Põe flores no meu túmulo ou não,
Nenhuma me é indiferente nem o dia.
A ilusão, visto que nem real a nobreza
Usa, nem igual o meu manto rubro,

Há-o de Sultão, magnífico mas d'ouro
Não quero que me contemplem,
Não sou tesouro pra se contemplar,
Monarca-asceta, bêbado de sarjeta,

Visto que a natureza é Brâmane
Dá toda a paz que sinto em mim
E o vazio sem nada que possa desejar,
Mais complexo que o sentir de quanto

Não, nem nunca terei de fabuloso,
Fictício ou fábula ...







Joel Matos (05/2018)
http://joel-matos.blogspot.com









Joel Matos , aliás namastibet

 
Autor
Joel-Matos
 
Texto
Data
Leituras
453
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
47 pontos
5
5
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 10/05/2018 10:54  Atualizado: 22/05/2018 10:18
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2015
 Re: Fabuloso, fictício ou fábula ...





É por culpa das longas palestras que aprecio estas curtas conversas ...










Estes sons esquisitos que faço, sou eu a respirar num mundo onde oficialmente ninguém respira quando escreve ...














Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 10/05/2018 10:56  Atualizado: 10/05/2018 10:56
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15172
 Re: Fabuloso, fictício ou fábula ...
Um poema panteísta bem genuíno e singular, Jorge. " Natureza útera" foi magistral. Abraços, amigo!

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 10/05/2018 13:54  Atualizado: 10/05/2018 13:54
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16206
 Re: Fabuloso, fictício ou fábula ...
Jorge
Instigante! O livro de Goethe que mencionou é um dos melhores clássicos que li!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 10/05/2018 14:14  Atualizado: 10/05/2018 14:14
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6498
 Re: Fabuloso, fictício ou fábula ...
Open in new window
Quem contempla o tesouro,
Avaro é, que muito tem
E não chega, e ainda cobiça
Do nada doutrem que nada tem.
Essa será uma fábula ou uma verdade?

Abraço poético,
upanhaca

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 24/09/2019 00:30  Atualizado: 07/10/2019 17:10
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2040
 Deus ex-machina











Deus ex-machina


Nem sei quantas vezes eu penso que não tenho nem vêm a mim senão expressões vazias as quais reparto ambiguamente comigo mesmo e eu próprio e que me ligam e à minha alma com as flores secas e sem a fé dum curvado e duro chão, indiferentes também elas, tal a estranheza da minha escrita em pobres letras quantas vezes ausentes de nobreza, quantas vezes incoerentes. Estou cansado de ter desejos, a minha cura será uma infanta abatida entre duas luas cheias, acima da linha de cintura, culpo-me do desejo que é tê-lo ou talvez não, tal como a uma rainha dói dividida entre o céu e a sorte que a partiu em dois na memória, eu nunca soube quem ela foi, nem me decido em que sombra ela agora está...Quantas vezes eu peço tornar-me de repente sóbrio quanto a luz do dia ao sol da meia tarde e a vida real uma janela aberta com passagem para o presente e não papel manchado num canteiro debutado, esquinas sem arte, contempladas à distancia numa revolta sem batalha, impotente tanto quanto flores sem bainha, nem chão nem rainha, mesmo "de faz de conta", que invoquem o sol posto numa taça, ao divino que não se manifesta sob o azul do céu manso...