https://www.poetris.com/
Poemas : 

No balanço do coração

 
 
Aí aquele sorriso sem sal esforça-se em sair
Dias que o humor insiste em permanecer sentado
E o melhor seria mesmo esquecer e ficar calado
Mas há algo não sei uma fagulha que não permite desistir

E do nada surge uma luz quem sabe uma chance
Entre a mente adormecida e o distraído coração
Rompe a barreira da tempestade em forma de canção
A vontade a alegria e o humor gira até que todo corpo balance

Nos lembramos então que não importa se existem outras vidas
Aproveite esta dança não saia da pista por medo ou dissabor
Divirta-se faça valer o poder das emoções e não tenha dúvidas
O que faz um jardim belo e diferenciado vem das conquistas de cada flor

Deus nos abençoe


 
Autor
Correa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
69
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 15/05/2018 22:51  Atualizado: 15/05/2018 22:51
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 11434
Online!
 Re: No balanço do coração
Sempre essa fagulha irrequieta e atenta, gostei muito!
As suas mensagens poéticas encantam pela delicadeza desse tom suave, musical que fica no ar com a frase, Deus nos abençoe! Tudo de bom, abraço amigo Vó

Quando o humor é natural
o sal salta cantante e arde
na ponta da língua brejeira…
fazer rir sem ferir, é uma arte.
A vida é repleta de emoções
boas, outras más, muita dor.
Cultivemos o dom da alegria
balanceando como essa flor!


Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 16/05/2018 12:02  Atualizado: 16/05/2018 12:02
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 872
 Re: No balanço do coração
Correa.. é sempre com grande apreço que passo por aqui e me delicio com os teus versos, contagiantes da forma bela como vês a vida, sempre com uma centelha de esperança para um dia melhor.. aproveitando o que vida tem para oferecer! Gostei muito do poema! Beijos.