https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Lola

 
Lola, a flor proibida
No jardim, a mais querida;
Quero ver-te desabrochar num sorriso
Quero sentir-te em mim o perfume.

Oh, coisa linda! A flor menina
Não deves ser colhida, nem possuída;
Deves ser vista, e admirada, e amada...

Tão meiga, tão doce, tão pura! Lola-flor...
Ah... enche-me de alegria ver-te assim: cor

morena... formosa... cheia de vida... de amor...

Para Carolina, a Lola.


Eu tenho um Eu verdadeiro que só Aquela que eu procuro pode libertar! - ainda estou desenvolvendo essa teoria...

 
Autor
Rafael007
Autor
 
Texto
Data
Leituras
527
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 03/06/2018 19:29  Atualizado: 03/06/2018 19:29
Usuário desde: 07/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 16055
 Re: Lola
Coisa mais linda e romântica foi está deliciosa dedicação para Carolina. Não tem como não apreciar tão sutil e delicadas palavras. Um forte abraço!