https://www.poetris.com/
Poemas : 

A grande aposta

 
ó corrida à conversa profunda
que à superfície se atrasa
como a prova de obstáculos
na altura do salto
parada na fotografia

e a audiência parada na imagem
rendida à rasteira fala
presa no provérbio equiparado
às más profundidades
da verbal pornografia

e por onde pára
o ventilar das palavras que curam
amornadamente
a construção da fervura entre gente?

(não sabes)

ó mendigo das conversas de ódio
que não posas nas alturas
tão encantado estás pela tua dialéctica
que sorves o veneno da tua insultuosa liberdade
pela mesma tripa
por onde sai o asco pestilento da tua húbris

onde está a tua esmola
das perguntas que não tens
e que assunto veste a camisa
do fogo da hombridade
no teu corpo ardido
a qualquer proposta?

(não tens nada)

e olha que a corrida cessa
a poucas conversas do fim
e olha que só tens as contas do teu silêncio
apontadas no papel do registo
da tua grande aposta

(não tens mais nada)


Descentralizando aquilo que é demasiado óbvio... que já não é certo, nem surpreende... agregando um simples lar... à central do esforço... ao conforto que prende... (Ombuto - A Fúria das Palavras).

 
Autor
Ombuto
Autor
 
Texto
Data
Leituras
81
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ombuto
Publicado: 13/06/2018 20:18  Atualizado: 13/06/2018 20:18
Da casa!
Usuário desde: 27/03/2011
Localidade: Angola
Mensagens: 339
 Re: A grande aposta
Open in new window

Enviado por Tópico
Ombuto
Publicado: 13/06/2018 22:10  Atualizado: 13/06/2018 22:10
Da casa!
Usuário desde: 27/03/2011
Localidade: Angola
Mensagens: 339
 Re: A grande aposta