https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SOU APENAS 🌷

 
Tags:  vida amor  
 
SOU APENAS 🌷
 
Sou apenas uma mulher
Nos sonhos mais íntimos
Sou apenas uma mãe
Nos caminhos que percorro
Sou o tempo que tento
Deixar saudades
Sou o instante no cansaço
Das ondas do mar
Sou o sussurro que há
Num pequeno momento
Sou o vento que sopra
Na terra num canto
Entre as quimeras de uma brisa
Sou apenas uma mulher
Não me posso esquecer.
Open in new window


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

(...) 🌹
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
316
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
37 pontos
3
5
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 25/06/2018 17:41  Atualizado: 25/06/2018 17:41
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: SOU APENAS 🌷
Somos um tanto numa só que esquecemos de ser. Ser simplesmente mulher! Lindo querida poetisa. Beijos!

Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 25/06/2018 17:53  Atualizado: 25/06/2018 17:53
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: SOU APENAS 🌷
Muito lindo, Isabel!

Você deve ser muitas mais coisas! E alem disso, escreve poesias muito belas!

Parabéns!
Um abraço!

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 26/06/2018 00:13  Atualizado: 26/06/2018 00:24
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade: Portugal
Mensagens: 617
 Re: SOU APENAS 🌷
Excelente o teu poema.

Sim és apenas uma mulher a quem o tempo muito te ensinou.
És apenas uma mulher que sonha e se identifica com as fragas, os montes, os rios e os mares, a loba que gosta de estar no seu covil a ser mimada e amada com o lobo que tanto amas.
És apenas uma mulher que tem o dom de amar a tua família, que tanto te orgulhas dela, esquecendo-te de ti por vezes.
És apenas uma mulher que gosta de amar a vida, dás a cara à luta, és guerreira, contornas as adversidades da vida.
És apenas uma mulher que tem a veia poética, onde ao ler-se os teus versos, prosas ou poemas, são como um bálsamo e terapia para o leitor.
És apenas a mulher que respeito e amo.