https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Talvez

 
Talvez
 


Talvez


Talvez nem nos surpreendamos, ou talvez sim, com figura A ou com o aspecto de B, com fulano, beltrano ou sicrano pois temos forçosamente e inevitavelmente de viver em sociedade, (embora eu prefira o isolamento) as regras sociais são acima de tudo, o respeito (apenas não admito a má educação e a dislexia verbal, Sim, porque a orthographia também é gente) e a cidadania como princípio e fim de um nó infinito, "tutti frutti", composto por todos os gostos, gestos e opiniões e aptidões do mundo...





namastibet, aliás Joel matos

 
Autor
Namas-tibet
 
Texto
Data
Leituras
1151
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
8
3
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 17/07/2018 18:39  Atualizado: 28/01/2019 13:55
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 975
 Re: Talvez me faltem passos





passos em mim e todos partem sem pressa
passos percorrem distancias menos eu que eles
que temo ficar parado sem passos mais pra dar
..ânsias que em mim ficam distancias em meu andar

Tão perto








Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 17/07/2018 18:43  Atualizado: 31/07/2018 15:51
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2009
 O barbeiro ansioso









O barbeiro ansioso

Figurei o meu pai
Imitei tanto a altura
Quanto a cintura e o retrato
Que o próprio alimento
É um pedaço de pão duro

Pra poder reclamar vivo
-presente, ansioso mas sempre
Parecido a meu pai
De cintura e de facto
mesmo sobre a pele,

No tacto,nas marcas de velho
Em cada mão e no cabelo
branco, branco neve
trigo painço ao sol






Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 17/07/2018 21:25  Atualizado: 17/07/2018 21:25
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15161
 Re: Talvez
Enfim a poesia pede respeito. Abraços, Jorge!

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 18/07/2018 14:42  Atualizado: 17/08/2018 00:25
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 975
 Me ofende







Tu; se existes eu não sei,
Nem o que é real e tende
A ser fracção e parte lírio
Flor da paixão, eu abrunho,

Tu, se existes não existes
Tal esfinge barro mimético
Nem eu sou autentico ramo
Se vê refracto o eu fraco,

Se existes eu não sei ver
O mistério que é seres tu
Paixão infracção, cativado
Eu, indigno delírio que por

Ti, Santo eu, omito entre
terra e céu, corpo ateu esta
Forma de ser eu que nem
Real é e fede e me fende







Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 25/02/2019 22:03  Atualizado: 25/02/2019 22:03
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 975
 Re: Talvez
obrigado

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/06/2019 20:24  Atualizado: 12/06/2019 20:24
 Re: Talvez - AGORA, VAI APRENDER A NÃO INCOMODAR MAIS AS PESSOAS
dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das ba