https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Que será da nossa viúva sombra,

 
 Que será da nossa viúva sombra,
 





Que será da nossa
Viúva sombra, sem
A mortal vida presa,
Que somos, criamos

Poesia, como deuses
Do cosmos, querendo
Sou iníquo ou único,
Como se existisse "Ecce Homo"

Em mim ou uma luz negra
Assim, tal como há vida
Em nós, contamos com
A morte, pra sermos

Eternos e reais "d'cem-réis",
Que será da nossa
Viúva sombra,
Sem o lugar dos tordos,

Os Maias, os Césares
E a vizinha cega, que
Não sei o nome...
Que será da nossa sombra,

Morta a vida, cega …cegos,
Vivamos todos.







Jorge Santos 08/2018
http://namastibetpoems.blogspot.com






Jorge Santos, aliás Joel Matos,aliás namastibet

 
Autor
Jorge-Santos
 
Texto
Data
Leituras
436
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
52 pontos
8
6
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 03/08/2018 14:28  Atualizado: 03/08/2018 14:48
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1371
 Re: Que será da nossa viúva sombra...Valquíria
Open in new window


sombras nascem no caminho
exibem o ócio ou a fadiga
da fornalha interior.



Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 05/08/2018 17:15  Atualizado: 05/08/2018 17:15
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8228
 Re: Que será da nossa viúva sombra,
do sonho, da realidade:
Perguntava Platão pela boca de Sócrates:
Vive em sonhos ou na realidade quem acreditar que há coisas belas mas não acreditar que existe a beleza em si?

O paradoxo ressalta com evidência

a vida real ser negação não pode dispensar um quê aí negado, ou seja, a vida frustrada e, por contraste,forçosamente afirmada, vida real pois. A esse quê aí, vivo, María Zambrano chamou sonho.

Excelente poema que nos leva a proposições, questões levantadas aliás por filósofos e poetas com trabalho tão paralelo que a si chamam tanta vez totalidade da alma onde habitam, quando mais sensato seria talvez unirem-se na busca da verdade.



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/08/2018 13:53  Atualizado: 06/08/2018 13:53
 Re: Que será da nossa viúva sombra, para o oferecido
Você gosta de causar, não é? Acha que é herói, ou algo assim, mas ..veja bem, cara:

Você não fala coisa com coisa. A sua escrita, os seus poemas e textos são todos indecifráveis, com erros de ortografia horríveis, com idéia similar a de outras coisas que você lê, isto é, na sua mente estranha, aliado à cachaça que vc bebe, tudo torna-se um monte de baboseiras e sem direção aparente. É sabe pq alguns mancebos te elogiam? Te dizem.as mentiras? Pq eles querem alguma.coisa de você. Talvez proximidade, talvez levá-lo pra fogueira e deixá-lo arder lá.. mas o importante é que mentem pra você. Te usam e você, burro como é, ingênuo e bêbado, acredita.
Eu não quero que você goste de mim, nem faço questão de que vc leia oq eu escrevo e pra mim, é indiferente se gosta ou não dos meus textos. Mas a questão é que não dá pra discutir com você. Pq vc não vale a pena. Não vale a pena gastar a minha mão com argumentos com vc. É inútil. Como falar à uma porta.
Procura ficar sóbrio mais tempo e quando for intervir, pq é seu direito, faça de uma forma melhor.. com coerência..com idéia centrada.. com zelo pela palavra, pq.. embora eu seja .agressor (aos lixos, somente), vc é quem machuca a língua quando fala um monte de merda sem sentido e com palavras estranhas.
Eu não quero maltrata-lo , mas você não me dá outra opção.
Lê o que você escreve.
Lê e comenta como se fosse outro a ter escrito. Não dá, cara!
Até os comentários mentirosos que você tem recebido são estranhos. Procura tentar entender. É só conversa fiada! Nada a ver com a poesia que vc escreve. É pra encher linguiça. Tapinha nas costas..
Outra coisa,
Se vc não gosta de mim, procura vir a mim e não aos demais poetas, como é o caso do rehgge. O que você fez ali, foi digno de um mendigo lixo que sujou a página de um poeta tão bom quanto ele.
Assim você torna-se ainda pior do que já é.




Eu desprezo você, saiba