https://www.poetris.com/
Poemas : 

Do outro lado

 
Incrivelmente só vagando entre os becos da vida
Os que resistem enlouquecem aos poucos
Revirando os lixos do passado
Retirando as cascas das feridas

Observando os zumbis pelas paredes de vidro
Fora do mundo irreal onde tudo acontece
Perecemos sem nenhum tipo de abrigo
Sem tocar em nada que entorpece

Eu só gostaria de estar do outro lado
Vamos retornar ao começo de tudo
Antes do cern e do buraco negro
Dormindo como todo mundo



 
Autor
Creep
Autor
 
Texto
Data
Leituras
167
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.