https://www.poetris.com/
Poemas -> Introspecção : 

A música em mim

 
Open in new window



Em tons sutis de solfejo
A Harmonia enternece os tons e melodias.
A melodia soa em seus caprichos,
E a alegria nas notas de grandes trinados
Participa de júbilos incessantes.

A melodia me parece vivaz,
Eu sinto a sensação das notas plangendo,
No desvanecimento da harmonia
Como uma cachoeira de luzes
A música habita toda em mim.

As escalas cromáticas, os trinados,
As emoções que florescem...
Nesta música eu não sou levado
Pela razão, mas sua melodia
Cria o encanto do som
No mistério inexplicado da vibração.

Nos sons universais totais minha alma
Remodela os sons na sensibilidade única,
Minha experiência do do som vive nos
Momentos em que a música e eu vivemos
Como duas entidades juntas e indistinguíveis.



Não há tanto para falar de mim, porque já ouvi tanto e sempre soube que tudo negativo sobre mim era apenas uma aparência que prefiro não dizer nada sobre.

 
Autor
WesSouza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
37
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.