https://www.poetris.com/
Poemas : 

Os perdidos

 
As asas dos abutres roubam o Sol
E nós
Perdidos nas somas das diferenças
Deixamos soprada por esse fole
A voz
Incendiar o ego nas nossas crenças

Imparável desce silente a lâmina fria
Acender a luz não é como parir o dia


Henrique Canteiro

 
Autor
Siljo Paipe
 
Texto
Data
Leituras
55
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.