https://www.poetris.com/
Poemas : 

Re.conjugação

 
Ser um ponto anónimo
no lado de fora.
Sentir as mãos salgadas
à espera de uma nova ordem ou de um novo
tempo.

Transcender
o peso do silêncio
na germinação da luz que novembro
vai apagando.
Guardar os relógios e inventar sorrisos
onde embrulhar a realidade.
Fingir-me palavra a repousar no peito
no lado de dentro

recolher nos olhos a reciprocidade
dos olhares.


L

 
Autor
Ludo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
52
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 08/11/2018 13:29  Atualizado: 08/11/2018 13:29
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15701
 Re: Re.conjugação
Ludo
Estou nessa vibe!
Genial! Eu diria Re.conjuração!
Beijos!
Janna