https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O mar que não tem a Lua ...

 
O mar que não tem a Lua ...
 






O mar que não tem a Lua,
É real não tanto quant'eu,
Nela me vejo, aquando prenhe
Ou Luar-meio e aí perco a dimensão

Do real da Lua, que praias
Nem tem, nem areal serei eu,
Sou alguém que se esconde nela,
A pluma e o medo do lado-escuro,

Que presumo teve algum
Cosmonauta num fato preso,
Tanto me pesa ser súbdito,
De um Mundo em que "à vista",

Nada tem que se diga ser meu,
Ou só minha, quanto a maré
Da Lua é, em toda a volta eu e
Só eu, um Mar sem Lua é breu,

O mar que não tem a lua,
É porto-seguro pra nau d'fumo
Em que viajo sem nau, nem partida
Do areal onde fundeei meu reino-em-

-Meia-Lua, defunto me acho, seu
Lugar comum, bora iníquo,
Líquida a Lua, que mar não tem,
Julgo eu temer a conclusão "de-fundo"

-O Mar não ter Lua, a Lua não ter mar,
O luar ser só meu ...









Jorge Santos 12/2018
http://namastibetpoems.blogspot.com











Jorge Santos, aliás Joel Matos,aliás namastibet

 
Autor
Jorge-Santos
 
Texto
Data
Leituras
416
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
43 pontos
3
4
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 08/01/2019 08:56  Atualizado: 12/01/2019 09:07
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 974
 A necessidade de ser exterior ...












A necessidade de ser exterior vem dentro d'mim,
Além da sombra nada mais tenho I'fora d'meu,
Assim que sejam pontas de fios quebrados, linhas
Curtas sem pegamento e é isso que me representa,

As sombras com que convivo e o receio/atracção
Das mesmas, do tamanho duma escusa torre
O breu, o marfim do céu













Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 14/01/2019 11:25  Atualizado: 14/01/2019 11:25
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2003
 Escrevo para ninguém.
Open in new window