https://www.poetris.com/
Poemas -> Sombrios : 

"sobre os olhos metafóricos que ela sempre tem,"

 
Tags:  seaofmine  
 


"Fora de casa sois pinturas; nos quartos, sinos; santas, quando ofendeis; demônios puros, quando sois ofendidas; chocarreiras no governo da casa e boas donas do lar quando na cama."

(Otelo) Ato II - Cena I

















Hey,



olhos-metafóricos
crença delinear
ponto-expulso
rente. da minha utopia
da forma como nego, este precipício e rumo
meu ato de mar à vontade..

à pre-suposição..

ah, que te sejam os ímpios em curvatura
que te lavem os pés ao corpo-fixo de ti..




que te louvem por estações e revelia
que tragam oferendas
que te sejam os dias






minha estaca deixada de sol..
minha lima à carregar-me para fora
em lutas onde me despeço
à chama sem fim
a este jeito..











vai..
re-cria.me







concilia este pacto de selva
de reza sem um palco-corrente
depois, é.








teu:

este conto corrente,
ainda que.
dormente..






e. depois,
(ainda)sonha, então..

















.
















liberdade em causa referida
tua,
[i]esta-linha..

esta chama(assim) vaga em prevenção ao adepto re-curso de mim.
(embora, próximo. de fim,)[/i]




ela-é.
 
Autor
Azke
Autor
 
Texto
Data
Leituras
174
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ZESILVEIRADOBRASIL
Publicado: 22/12/2018 01:36  Atualizado: 22/12/2018 01:39
Membro de honra
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 112
 Re: "sobre os olhos metafóricos que ela sempre tem,&...
li como uma sinopse. no início, meio ou fim, e sem conseguir, todavia; distinguir em que cena e ato (ela-é).

mas não desistirei.

aquele abraço caRIOca, e, te desejo Boas Festas, amiguirmão.