https://www.poetris.com/
Poemas : 

sem título IV (“Lazy” Made in Japan)

 
............
.
................
.
.
.........................
...
......................
.........
.........
........................................
**********
********
*
..................
..................................
..

a miríade braças da chegada
existem linhas inexpressivas
nesta única oblíqua visão. são adiadas

adrede

pela ansiedade. ventos planam


símiles a papoulas desenraizadas

nesse lugar no meio do mar
que antecede o fim das labaredas vivas
e a pulsação com luzes pelo derredor. adio exaltações.

no mais profundo da garganta
existem fronteiras

remorsos desenvolvidos
posfácios

antecipam inseparáveis sons
monocórdicos
minimais. na verdade te digo:


não quero adiar a morte escarlate
absoluta

como poemas inacabados
searas amadurecidas
os ares jamais respirados

. mesmo assim
desteço ponto por ponto
o reduto do sono. já quase em nada toco

nem estranhas brisas amassadas
entranhas

sensíveis aos redemoinhos. desconhecidos.

sopro da memória resiste-me.


(Ricardo Pocinho – O Transversal)
[três meses e seis dias depois]


"Floriram por engano as rosas bravas
No inverno:veio o vento desfolha las..."
(Camilo Pessanha)

http://ricardopocinho.blogspot.com/

 
Autor
Transversal
 
Texto
Data
Leituras
199
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
32 pontos
2
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ZESILVEIRADOBRASIL
Publicado: 29/12/2018 03:52  Atualizado: 29/12/2018 03:52
Membro de honra
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 210
 Re: sem título IV (“Lazy” Made in Japan)
"não quero adiar a morte escarlate
absoluta"


que a "intenção" não seja esta, pois; apesar de os poetas sucumbirem, a poesia permanecerá ~imorrível~ intencionalmente.

prazer ter ler novamente.

aquele abraço caRIOca

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 17/01/2019 13:09  Atualizado: 17/01/2019 13:09
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2687
 Re: sem título IV (“Lazy” Made in Japan)


sopro da memória resiste-me



É sempre bom ler e reler
Os seus poemas, sonetos


Um abraço poeta Ricardo Pocinho – O Transversal