https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A minha solidão merece a tua?

 
Gostei muito deste texto e achei que talvez haja alguém por aqui que se identifique com ele, como eu.

"Não há outro caminho", de Rui Pires Cabral

Os poemas podem ser desolados
como uma carta devolvida,
por abrir. E podem ser o contrário
disso. A sua verdadeira consequência
raramente nos é revelada. Quando,
a meio de uma tarde indistinta, ou então
à noite, depois dos trabalhos do dia,
a poesia acomete o pensamento, nós
ficamos de repente mais separados
das coisas, mais sozinhos com as nossas
obsessões. E não sabemos quem poderá
acolher-nos nessa estranha, intranquila
condição. Haverá quem nos diga, no fim
de tudo: eu conheço-te e senti a tua falta?
Não sabemos. Mas escrevemos, ainda
assim. Regressamos a essa solidão
com que esperamos merecer, imagine-se,
a companhia de outra solidão. Escrevemos,
regressamos. Não há outro caminho.

 
Autor
boxer
Autor
 
Texto
Data
Leituras
390
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
11
5
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/12/2018 23:03  Atualizado: 30/12/2018 23:03
 Re: A minha solidão merece a tua?
Li e reli muitas vezes.
Gostei imenso.
Grata pela partilha.

Abraços


Enviado por Tópico
GinaCortes
Publicado: 31/12/2018 00:28  Atualizado: 31/12/2018 00:36
Muito Participativo
Usuário desde: 10/08/2017
Localidade:
Mensagens: 64
 Re: A minha solidão merece a tua?
Dizem que a poesia é inspiração e penso que é além disso. Quando penso solidão surge a imagem do vazio antes dos planetas e a Terra se juntando partículas, e tudo vagarosamente surgindo; minério e vida se agregando, se elevando e se multiplicando e sem olhos humanos que pr' aquilo tudo fosse apreciado. A criação ocorreu na solidão. A poesia tudo gesta na solidão. O poeta é criado nessa penumbra que a solidão habita e se à luz surgir olhos que o contemple, a solidão se expandiu pela penumbra de quem olhou.

Passando pra te deixar um feliz ano novo.


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 31/12/2018 11:45  Atualizado: 12/01/2019 19:56
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1596
 Re: A minha solidão merece a tua?
"... a poesia acomete o pensamento..." inesperadamente, mas também nas manhãs, durante o dia de trabalho, tirando-nos o foco, dando-nos essa parte "... intranquila...".
Perseguindo-nos, ou levando-nos a persegui-la, não é um acto que podemos partilhar durante, só depois.
Durante, pode ser exorcismo, pode ser euforia, desabafo, desabamento. "...Obsessão..." quase sempre, que nos obriga a deixar tudo para trás, ou a lamentar não tê-lo feito quando o tudo não permite.
O acto de criar é um tipo de solidão que acompanha.
O apelo é irresistível.
É curioso que esse acto solitário, possa tantas vezes achar fieis depositários, quando cremos que somos lidos, atingidos, ou talvez apenas entendidos.
Mais curioso ainda, quando relemos essa solidão, solidão-poeta, com a própria solidão-leitor, e parece que nem nos cabe.
"... regressamos...", como num vício, como doença, como salvação.
Não há síndrome de abstinência que se lhe iguale.
Afinal, é só mais um cigarro.
Nossa sina.

Abraço
obrigado pela partilha


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 11/02/2019 09:24  Atualizado: 14/02/2019 11:08
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1999
 Re: A minha solidão merece a tua?
A inspiração é uma porta que não cabe a nós fechar nem deixar aberta, ela se fecha ou abre a seu bel-prazer em qualquer local ou sistema, nada ou ninguém é imune a ela, nem há panaceia que a detenha ...















A minha solidão merece a tua falta,
Somos dois num só, invejo-te e isso
Me afasta e persisto na largura da
Distancia que me afasta de tudo quanto
Me faz falta e demarca como uma febre
Ligeira o tumor de jamais ter falta



















Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 17/02/2019 22:25  Atualizado: 17/02/2019 22:25
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16187
 Re: A minha solidão merece a tua?
Boxer
E nesses momentos de solidão todos os caminhos nos levam à poesia! É como olhar para Lua e imaginar que pelo menos uma pessoa na Terra está fazendo o mesmo naquele exato momento...
Adorei a leitura! Difícil é não se identificar com esse texto!
Beijos!
Janna