https://www.poetris.com/
Poemas : 

Rastro de tinta

 
Tu me chamas...

Um arrepio passa alumiando o cerne,
os sonhos dispersos, as fitas de amor.

Tu me chamas...

Meu coração preme,
evoca os céus, o voo; a garça.

O violino demora a tocar.
Não, já não faz diferença

O ardume secreto
empina meus seios e
queima dois leões
na chácara.

Tu me chamas...


leonor Huntr

 
Autor
Leohuntr
Autor
 
Texto
Data
Leituras
57
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.