https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

MORRERAM AS PALAVRAS ✍

 
MORRERAM AS PALAVRAS ✍
 
Morreram as palavras nas rosas que chorei
Sangue dos teus olhos solidão sentida
Ou talvez roubada feita em poesia
Que nem as andorinhas
Sabiam deste meu sentimento
Nas letras, no espaço entre as silabas sem horas
Noites sem tempo em que chamava por ti
O teu nome eu dizia num ar silvestre florido
Extasiava o teu corpo
Primavera já feita de outono
Que se torna em segredo um fruto
Onde a lua brilha apaixonada
Nas palavras que morrem
Sem saberem que tinham morrido
Quando faltam as palavras as flores perfumam em poesia
Quando os lobos choram as rosas falam baixinho
Do seu cruel destino.
🙏


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.



Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
494
Favoritos
9
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
98 pontos
6
10
9
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 16/01/2019 11:28  Atualizado: 16/01/2019 11:28
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1609
 Re: MORRERAM AS PALAVRAS ✍
Não deixe morrer o encanto de sua poesia.
Abraço carinhoso.


Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 16/01/2019 15:32  Atualizado: 16/01/2019 15:32
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 986
 Re: MORRERAM AS PALAVRAS ✍
Sempre com os teus agradáveis e sentidos poemas.
Como as árvores se livram das folhas que morrem
Livra-te dos pensamentos que atrasam e impedem a felicidade.
Pois a palavras mortas estragam os sonhos vivos.



Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 22/03/2020 11:06  Atualizado: 22/03/2020 11:28
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 986
 Re: MORRERAM AS PALAVRAS ✍
As rosas não falam e o seu perfume exala e expira no tempo e a sua beleza vai murchando.
Eterno é o momento
Do encontro da rosa com a mulher, vão morrendo as palavras, os lobos vão uivando, as rosas vão murchando.



Open in new window

Enviado por Tópico
AntonioCosta
Publicado: 14/05/2020 10:51  Atualizado: 14/05/2020 10:51
Muito Participativo
Usuário desde: 02/05/2020
Localidade:
Mensagens: 85
 Re: MORRERAM AS PALAVRAS ✍
A PALAVRA MÁGICA

Certa palavra dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.

Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.

Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra.

Carlos Drummond de Andrade, in 'Discurso da Primavera'