https://www.poetris.com/
Poemas -> Intervenção : 

"sobre a memória provocada,"

 
Tags:  sobreela  
 


"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra parte serdes pura."

(Hamlet) Ato III, Cena IV














a mesma tentativa e o inferno de te repetir..
e eu caminho sob escombros dessas passagens
mensagens esquálidas, sem nomes pra te ir
até onde poderei ter, até as opções e variáveis

e não me deixe ver ou sentir o que te guarda
a ponta da minha lâmina que te culpa, te é.
desde a mensagem única da manhã devorada
é, assim.. o meu passo que finge que te quer

da mesma missa e de todos os santos deixados
olha-me pelos cantos em que não estarei
cuida-me p'ra qu'eu não saiba e não te serei

eu, sei.. é a curva da noite que me sufoca a corda
espasmo sem dor de um olho à meia-vida, sem volta
e ainda, é fé permeável a fogo sobre o teu lado,






meu amor.









inédito(ainda)
 
Autor
Azke
Autor
 
Texto
Data
Leituras
127
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
2
2
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 10/02/2019 18:40  Atualizado: 14/02/2019 10:22
Da casa!
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade:
Mensagens: 391
Online!
 ?
Open in new window