https://www.poetris.com/
Poemas -> Dedicatória : 

Para a Carina da madeira

 
Carii que não é Carii
que ri das caras e das bocas
que são desenhadas em resposta
ao riso desenhado nas caras
e expressos pelas bocas aqui e ali
onde houver um.

Carii que é Cara... carissíma.
Chamada Carina pelas ruas
decoradas com madeira
"sacadas" da ilha que tem esse nome.
Por capricho de Deus
foi parida ali... sobre a madeira da ilha
Carii...carissíma...cara "mia"

Que lês a mim, em mim... meus traços
que inútil... tento esconder
travestido de "gente nova"... moderna.
Carii...cujo riso franco e fresco
encantou e transcendeu no encantar

Carii... continuo ainda
bobo por ti mas... se não queres
não te falo de amor... quem sabe
Cara mia... falo de sua cor

pode ser...

Carii, assim como Claudia e como outras tantas poetisas e outros tantos poetas aqui do Luso são dessses amigos querido que não vemos mas estão ali... sempre do lado. Guardados, como cantou Milton Nascimento, no lado esquerdo do peito, dentro do coração.

Obrigado pelo carinho e pelas leituras nos "garranchos" que cometo aqui.
 
Autor
PedroGeraldo
 
Texto
Data
Leituras
102
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 07/03/2019 15:34  Atualizado: 07/03/2019 15:34
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: Para a Carina da madeira
Pedro.. Pedro..

Que lindo! Adorei a poesia! Obrigada querido amigo pelos versos dedicados á Carina decorada de madeira! Gostei muito. Obrigada! Beijos!