https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O erro de Descartes

 
O erro de Descartes
 

O erro de Descartes





O erro da ciência é considerar
Como um fungo, o pé de atleta. Descartes
E a guerra, uma deficiência genética incomum,
Já na filosofia se manifesta quanto falso é a guerra,

Querer alterá-lo, é ir contra a natureza humana,
O direito inalienável à exterminação completa,
A essência do universo é a solidão,
Logo, exílio sugere alheamento e perfeição,

A solidão de quem não ocupa lugar em praça,
Nem coisa, nem lembrança,
Nem ilusória pertença celta,
Nem sensação. Quantos cacos separados,

Sinto em tudo o que sinto,
Um perpétuo exílio de vidro partido
Como quem abdica de uma nação,
De um reino de um coração que trago,

Íntegro como um céu de sol,
Feito cadinho e vidro quebradiço,
Desolação, delito, amor vão,
Existo fora, porque não quero deixar vestígio,

Nem tão pouco alterar o gosto do ambiente
Do qual faço parte, a química do lodo e do mosto,
Não tenho esse direito, nem nada que me faça
Desassemelhar do semelhante a mim e aposto.






Jorge Santos 04/2019
http://namastibetpoems.blogspot.com



namastibet, aliás Joel matos

O cérebro, não foi apenas criado por cima do corpo, mas também a partir dele, junto com ele, o coração ...

 
Autor
Namas-tibet
 
Texto
Data
Leituras
273
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
4
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 04/04/2019 16:06  Atualizado: 04/04/2019 16:06
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 876
Online!
 Re: O Erro de Descartes
Open in new window


Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 04/04/2019 16:11  Atualizado: 04/04/2019 16:11
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1943
 Re: O Erro de Descartes
Open in new window

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/06/2019 20:25  Atualizado: 12/06/2019 20:25
 Re: O erro de Descartes - AGORA, VAI APRENDER A NÃO INCOMODAR MAIS AS PESSOAS
dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das ba