https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A ilusão do Salmão ...

 
A ilusão do Salmão ...
 






Onde anda o mar, pergunto eu, ao Sem-Rosto...




Perguntei a um triste búzio Quasímodo,
O que dizia bem de dentro da maré ferida,
Respondeu bramindo e a custo, que dentro,
Havia tanto asco de tainha verde, era o búzio

Quem não se ouvia do mar, nem ao plágio fanho,
Ao tom do jazz, ronco de esquadrilha mortal,
Onda do mar a bater no bojo, morteiro
Estoirando o ar, alga podre, peixe-gato, nojo,

E dum oco, ocre, búzio torto, nem ralho...
Onde anda o mar pergunto, debruçado,
Moribundo doente e coxo, ao rouco mar de junco,
Aí onde a costa engorda o atum infecto...

Respiramos ar gordo a contragosto,
Um monstro, tanto Ogre quanto Elfo-de-caça,
Me treme na voz, quem sou, que importa à corça,
O pavilhão na caça, sem a salvação da grossa,

A poça à soleira da porta é rasa, nossa rude tábua
Ardeu, pegando fogo ao mastro e à casta aurora,
Aonde andas justo agora, ao mar eu pergunto,
-Para onde caminho, O Sem-Rosto és tu, Salino,

Pergunto eu indigno e mudo, pro céu do
Sol-posto com o mindinho abreviado e meio,
-No meu peito reinou um salmão e de desgosto
Morri eu, seu irmão, - O Do-Coração-Ateu -...








Joel Matos 04/2019
Http://joel-matos.blogspot.com






Joel Matos , aliás namastibet

 
Autor
Joel-Matos
 
Texto
Data
Leituras
367
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
6
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 05/04/2019 17:38  Atualizado: 05/04/2019 17:38
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1943
 Re: Discurso do Salmão aos peixes
Open in new window



Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 05/04/2019 17:42  Atualizado: 05/04/2019 17:42
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1943
 Re: Discurso do Salmão aos peixes
Open in new window

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/04/2019 23:20  Atualizado: 05/04/2019 23:20
 Re: Discurso do Salmão aos peixes
pois é, né Sidney?

cadê agora o trabisdementia e sua guarda helendasrosas para finalizar o perfil desse verme covarde e imbecil que usa vários perfis para auto-comentar-se, para atacar outros perfis e ainda mandar pms com ameaças reais aos usuários daqui?

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=342992 © Luso-Poemas