https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Aconteço "por-acontecer"

 
Aconteço "por-acontecer"
 






Fui destinado a acontecer, ou
Afinal que acontecimento
Diferente sou eu, se há nele, no fundo
Não o destino que me caiba

“Acontecer”. Não aconteceu
Nada a mim de meu, apenas
Fui destinado a ser comum, só eu no final,
Tudo é de outros e não creio

Ser mais do que ouso, dispo-me
Do que uso e do que não me serve,
Excepto o ruído do campo, tão leve e
Único indício que me distingue

De outros que acontecem fugaz,
Como gado validado de gente,
Fui destinado a acontecer desigual,
Eterno o sonho em que sinto que a vida,

"Acontece-por-acontecer", devagar...
Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

Foi destinada a ser e sobretudo,
Mas não sei quando ou quanto
Talento valho no talho do logro, sendo
Talhante eu próprio de mim mesmo,

Tenho coração de touro e carne
De "Lord" mas ainda assim de
Alguém que, no lugar dele mesmo
O tem, sem saber que tem esse

Único bem, que é meu e nem me serve,
Talvez tenha eu um outro e outro,
E pense não ter nenhum aqui dentro,
Embora saiba o que é ter não

Coração d'outra gente, colado
Que nem meu ao corpo, se o
Mesmo sinto como sendo eu
pouco, até na dor que ocupo

E outros têm e não eu, culpo
Um coração que não
É meu de todo, é do mundo inteiro,
Coração que a todos

Dei, todavia não tenho
Nenhum batendo de momento,
De verdade junto ao peito,
E isso não me dói tampouco,

"Aconteço-por-acontecer",
Fui destinado a não ser final,
Comum ponto.













Joel Matos 05/2019
Http://joel-matos.blogspot.com





 
Autor
Joel-Matos
 
Texto
Data
Leituras
351
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
41 pontos
15
5
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 28/05/2019 22:51  Atualizado: 28/05/2019 22:54
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade:
Mensagens: 1814
 Re: "Aconteço-por-acontecer"
Open in new window



Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 28/05/2019 23:51  Atualizado: 28/05/2019 23:51
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade:
Mensagens: 777
 "Aconteça-o-que-acontecer"
Open in new window




Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 28/05/2019 23:53  Atualizado: 28/05/2019 23:53
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade:
Mensagens: 1787
 Re: "Aconteça-o-que-acontecer"
Open in new window

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 30/05/2019 15:32  Atualizado: 30/05/2019 22:43
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade:
Mensagens: 1814
 Sem pio ...
(Agradeço a leitura de centena e meia que aki passaram sem "pyo" ...)


Open in new window

Enviado por Tópico
boxer
Publicado: 05/06/2019 22:09  Atualizado: 05/06/2019 22:09
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2009
Localidade:
Mensagens: 716
 Re: Aconteço "por-acontecer"
.
Cá vai um pio (que não é meu):

"Os sentimentos são onde sei viver, onde me sinto menos morto" (Miguel Martins)


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 08/06/2019 15:32  Atualizado: 08/06/2019 15:33
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade:
Mensagens: 1787
 Re: Aconteço "por-acontecer"











Vivemos de estratégias,
especulações e simulações reais
enquanto o tempo é feito da ausência
de todos os elementos substantivos possessivos
que nos habituámos a dar
como substancialmente comuns e até definitivamente vitais
em função apenas da necessidade de tornar real, embora suave,

a passagem do tempo e das horas,
como por exemplo brincar
irresponsavelmente com as palavras
e com o pensamento inconscientes
da função de viagem,
da paisagem e do meio de transporte,
o espaço vida confinante ao "silencio da pele"..

É atribuído geneticamente ao tempo apenas a memória mental e mnésica
que usamos para nos orientarmos no espaço que inventámos
por confortavelmente não querermos existir
do lado de fora
destas falsas e possessivas premissas
constituintes da matéria ...

Eu conheço lugares que caíram dentro de si,
Incompreendedores natos de uma tristeza
Paranóica, vi como demagogos se agregaram
Num tear de cegueira, deixando-me na insónia,

Ancorado na nulidade em que vivem, Faraós Aqueus,
Incapazes de sentir, montados em debilitados javalis,
Maldosos, funestos delimitadores de jardins, bacantes.
Eu conheço um lugar blindado à dúvida primeira,

O lugar-do-antes, a Terra-inteira (...)




















Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/06/2019 20:24  Atualizado: 12/06/2019 20:24
 Re: Aconteço "por-acontecer" - AGORA, VAI APRENDER A NÃO INCOMODAR MAIS AS PESSOAS
dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0dghgdawianssancjihvsbchumhguhmguh4guxhugh4ugh0 O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das bases da aquisição do conhecimento é ter dúvida. Se existe dúvida, há vontade de estudar, pesquisar, pensar sobre um determinado assunto. Isso é o que faz uma pessoa sábia e sensata. Alguém que pensa que já sabe tudo, não tem motivação para aprender e para evoluir, e revela acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Só quem não é ignorante é capaz de fazer uma afirmação dessas. gnorante político O que é Ignorante: Ignorante é um adjetivo e substantivo de 2 gêneros da língua portuguesa com origem no termo em latim ignorante. Ignorante é uma palavra que caracteriza uma pessoa que ignora, que não tem instrução, que é estúpido, tolo, inepto, imbecil e revela falta de saber, desconhecimento e imperícia. Em alguns casos a palavra ignorante não possui um sentido tão pejorativo, podendo ser também a qualidade de alguém que é inocente e ingênuo. Esta palavra remete também para alguém que não conhece uma coisa por não ter estudado a respeito ou que apresenta comportamentos incivilizados e rudes. Existe uma diferença entre agir por ignorância e agir na ignorância. Quem age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado, tratando-se de uma ação involuntária. Quem age na ignorância age incivilizadamente de forma voluntária. O indivíduo ignorante (ignorant em inglês) vive ou atua de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando a sua vida em preconceitos, superstições, e ideias sem fundamento. Desta forma, ele constrói um mundo falso, com noções errôneas a respeito dele mesmo e do mundo que o envolve. Esta forma de viver e de pensar do indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades, e o impedem de adquirir conhecimento. O influente filósofo grego Aristóteles afirmou: "O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." Esta afirmação revela que uma das ba

Enviado por Tópico
SoniaNogueira
Publicado: 13/06/2019 18:38  Atualizado: 13/06/2019 18:38
Colaborador
Usuário desde: 31/10/2007
Localidade: Fortaleza
Mensagens: 659
 Re: Aconteço "por-acontecer"
O acontecer que não acontece é trajetória da vida e do tempo. Muito criativo. Abs.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 13/06/2019 18:55  Atualizado: 13/06/2019 18:55
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade:
Mensagens: 1814
 Re: Aconteço "por-acontecer"
Obrigado por "quebrar a corrente" que me liga aos acontecimentos