https://www.poetris.com/
Poemas : 

Depressão

 
Estranho é não se deprimir, estranho é estar absolutamente feliz e contente com esse mundo de pernas pro ar, é normal a sensação de vazio se tudo anda superficial demais.
A comida pesa o estômago mas não preenche, e o vinho não traz mais o embalo das noites cintilantes e vida a qualquer hora está nublada.
Falta o ar as vezes, é que a maldade paira entre os gases que compõem a atmosfera, os pés pesam a caminhada, eu estranho as ruas e tudo parece não fazer o mesmo sentido.
Olho em torno de mim é tanta gente com vontade de morrer, com depressão, insônia e sem vontade de estudar e trabalhar, outros ainda buscando qualquer tipo de passatempo vazio e prazer.
É difícil constatar que a vida nunca foi tão descartável, e a sensação de mãos amarradas de pés atados, e aquele velho ditado de nadar e morrer na praia, nunca fez tanto sentido.
Você não está louco nem doente, o mundo é que está, é completamente normal quem é bom e sensível se deprimir ao ver injustiças e comportamentos anti-humanos, é normal desejar não estar aqui, querer soltar do mundo na próxima parada.
Tenho procurado servir ao próximo e tenho dentro de mim um lugar calmo pra sobreviver até tudo passar ou eu passar daqui.

 
Autor
Creep
Autor
 
Texto
Data
Leituras
57
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.