https://www.poetris.com/
Textos -> Surrealistas : 

Reflexão on a day off

 
Tags:  vida    desilusão    textos  
 
Na última vez que o Sol tinha aparecido, tudo se escrevia ainda com letra minúscula. Os nomes das coisas, a idade das pessoas que gostavam mais umas das outras. Até a descrição dos objetos mais comuns da rotina, se fazia com letras irregulares, que custavam a ler. Andava tudo redigido numa pequena folha de papel, que as pessoas traziam com elas escondida, sempre oculta dos olhares, apesar de todos saberem que cada um possuía a mesma coisa. Agora, o céu vestia-se sempre de roupas velhas. As mesmas que aparecem quando o Inverno não quer ainda aparecer, e o Outono já está farto de viver e pensa sair para qualquer lado um pouco menos frio do que aquele local.
Tudo isto confundia. Pesava na cabeça das pessoas. Havia uma indecisão sobre a melhor forma de prosseguir com a vida, sem que isto condicionasse a lassidão normal das pessoas que só esperam ter um tempo próprio a preservar o tempo....

 
Autor
joanazdemelo
 
Texto
Data
Leituras
151
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
5
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 11/06/2019 20:46  Atualizado: 11/06/2019 20:46
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 980
 Re: Reflexão on a day off
Texto expressivo, tente apenas alongar a ideia e não repetir "pessoas", lê-se maravilhosamente bem !!!




Enviado por Tópico
boxer
Publicado: 25/06/2019 08:25  Atualizado: 25/06/2019 18:49
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2009
Localidade:
Mensagens: 748
 Re: Reflexão on a day off
.
Por aqui, temos de estar preparados tanto para ouvir elogios hipócritas, como críticas descabeladas.
Qualquer poeta sabe que a exposição de um texto não é o mais importante.
Serve apenas para levá-lo pela mão a apanhar um pouco de sol, como se faz com uma criança pequena.
O mais importante é que tenha nascido.