https://www.poetris.com/
Poemas : 

V.O.T.A.

 
Vota:
não o façais pelos outros
não escolhais por todos.
Retinta na mais acertada,
sem tinta sem nada.

Vota:
o teu ínfimo de um porcento,
é no mínimo mais um acrescento.
que tu sejas a soma nesta conta,
mais um que se junta.

Com esperança no futuro
sem confiança ou no escuro.
Vot’á tempo e horas
opina noutra altura que possas.

Não há com’errar,
sem barulho e sem hesitar,
com orgulho é fulcral
qualquer coisa por Portugal.

Votar é fácil, juvenil e genial.
Vota e vai em paz
e que Deus te acompanhe
mais logo nos festejos com champanhe.

A campanha em torno do frágil.
Mas votar é fácil.
Todos os votos para as eleições.
Todos contados e o resto são ilusões.

Qual o objectivo de pedir tanto
de tanta complexidade ao povo,
desta imensa responsabilidade
nesta falsa autenticidade.

Na campanha gasta-se à toa
para se ter uma boa apanha,
eleger assim uma pessoa
todos escolhidos da mesma maneira.

Qual é o objectivo?
tanto barulho,
ter que ainda se distrair
porque ainda ha machismo,
ter mais dos melhores políticos mulheres
porque ha poucos do género feminino,
ter mais das melhores cabeças entre os homens
porque ha poucas na política masculina.

democracia = igual
total:
o que interessa
é ter o mesmo numero de mulheres e homens,
não os melhores,
vá se lá saber porque?
a capacidade de ser comunicativo
saber as melhores técnicas de publicidade
é essencial na política.

refletir = sonhar
total:
logo se vê se é uma boa escolha
sem esquecer a cor do partido
a historia as caras as virgulas
e mesmo sem opinião escolhe
a pensar que fez o bem
e nem vota em branco não vota não usa virgulas,
eternamente a sonhar
em vez de o que deus quiz
a obra que devia nascer
o homem sonha continua a não usar virgulas
continua a sonhar.

resultado:
sei que não se percebe bem sem virgulas
sei que há quem não concorde
sei que estou certo
sei que vais continuar a votar
boa sorte
sei ja é do passado
continua a errar no futuro
sei que achas isto inutil
sei que só tenho a quarta classe
sei que sou rico
sei que é uma merda
as noticias do dia
sei que ja passou
e agora cheguei ao fim
porque nada disto interessa
com ou sem opinião
com ou sem biblioteca
pobre ou rico
parvo ou doido
homem ou mulher
novo ou velho
leias ou não
com ou sem virgulas.

Não sei qual é a forma,
a formula magica ou algo do género,
só os políticos a sabem,
mas sei que não podem ser eles
a executar algo melhor que a democracia
sei que algo melhor existe.

resultado:
melhor saude, ambiente social e sabedoria para viver melhor a vida.

sem virgulas:
mas o que eu gostava mesmo era alguém ter o protagonismo de começar pelo pouco que escrevo com o efeito de um bater das assas da borboleta que causa uma mudança dando a volta ao globo pelo vento que fez só porque voou


josemariafonso

 
Autor
josemariafonso
 
Texto
Data
Leituras
58
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.