https://www.poetris.com/
Poemas : 

_ a estrada _ dizias

 
Movias o tempo enquanto
desenhavas sombras na parede.
_ a estrada _ dizias
e viravas o rosto para a luz em que seguiam
os caminhos em chamamento.
Lá ao fundo havia pássaros que te bebiam a alma
mas tu levavas nos olhos o cintilar de um estio
na senda das certezas.
E eu prosseguia lentamente

[ os ombros carregados de ruídos ]

sob os telhados de ontem e amanhã
sem entender os lugares
onde os teus silêncios adormeciam
nem a cidade que verdadeiramente te habitava.

 
Autor
Briana
Autor
 
Texto
Data
Leituras
82
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.