https://www.poetris.com/
Poemas : 

Poema 6 de 3

 
A noite é o meu dia
não anoitece ou amanhece
a lua o meu mundo

meia-noite constante
sempre a meu lado
sem princípio nem fim

o inerte o meu oxigénio
a terra o meu satélite
que deixou de ser planeta

as estrelas companhia
há sempre uma que me visita
sem seguir nenhuma lógica

o espaço que ocupo
não tem pôr do sol nem arco íris
onde nunca conheci a madrugada

sem passado ou futuro
só se consegue ver o agora
o silêncio é a memória


josemariafonso

 
Autor
josemariafonso
 
Texto
Data
Leituras
58
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.