https://www.poetris.com/
Poemas -> Solidão : 

frase final da espera

 
Tags:  vida    poesia    sombrio  
 
...quem me partiu?,
perguntava por aqui e por
ali,
sem saber o nome de quem dizia,
nem o tempo de quem falava,..

só esperava pelo vento,
da mesma forma que a terra
abraça os que ficam,
quem me partiu?,
ninguém percebia como
partir podia ser diferente
de estar ali,
sem nada saber,...


era ela,
a mesma que envelhecia
mais depressa que o tempo
rejuvenesce,
e falava no tom certo com que
as árvores morrem,
a que indesejada pela saudade,
perguntava quem partiu,...


e a frase final da
espera era o anoitecer

 
Autor
joanazdemelo
 
Texto
Data
Leituras
92
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
0
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.