https://www.poetris.com/
Poemas : 

Miragem

 

Foi como se o teu sorriso trouxesse nos lábios
os sonhos da lua
instantes quentes de uma verdade
que tens para me contar

não sei o que fazer com esta vontade
que me é estranha
mapeada de pontos de interrogação

invento uma tela em branco
em que teço os passos leves
de uma aragem de loucura
num tempo
que não é meu nem teu

quisera eu de horas ser escultora
sorver o momento
libertá-lo da sua temporal sujeição

penduro no meu chão
a porta entreaberta
fecho à chave o teu nome
e despeço-me
só desta vez... mais uma vez.

 
Autor
Briana
Autor
 
Texto
Data
Leituras
110
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 18/07/2019 17:27  Atualizado: 19/07/2019 12:24
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1937
 .
.