https://www.poetris.com/
Poemas -> Ilusão : 

A carta

 
Tags:  vida    poemas    surrealistas  
 
a letra pequena estava escrito
bom dia,
num ligeiro sublinhado irregular percebia-se a tremura da mão,
num canto do papel,
quase imperceptível,.
o que parecia ser uma lágrima
sublime,
quase envergonhada,
a pedir licença para existir,...

era um papel dobrado em quatro,
e guardado num sobrescrito azul muito desmaiado,
observei-o muito tempo,
seria da mais imensa solidão aquela prova que tremulamente segurava entre mãos,...

depois lembrei-me do sol no teu sorriso,
guardavas em ti escrever mais que esta morte,
e nunca te percebi adeus assim pensados,
expressados,...

talvez mais tranquilo caminho ao teu encontro,
a passo largo,
evitando como posso a chuva que se desprende deste céu,
que nos separa há tanto tempo

 
Autor
joanazdemelo
 
Texto
Data
Leituras
140
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
4
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 21/07/2019 21:05  Atualizado: 21/07/2019 21:05
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16065
 Re: A carta
Poeta
Belo e sentido! Apreciei a leitura!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Briana
Publicado: 22/07/2019 23:20  Atualizado: 22/07/2019 23:20
Muito Participativo
Usuário desde: 29/05/2019
Localidade:
Mensagens: 96
 Re: A carta
Também gostei. Principalmente da 3ª estrofe. Esta minha inclinação para a melancolia.
Outros dirão "lamechices". Enfim, é a vida...


Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 29/07/2019 17:53  Atualizado: 29/07/2019 17:53
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2988
 Re: A carta
Simplesmente lindo.

Abraço

Branca