https://www.poetris.com/
Poemas : 

A evolução das coisas I II III

 
(Plantar uma Árvore, ter um Filho e fazer um Livro.)
É deixar a Semente,
aprender e ensinar ao Próximo.
Por isso faz o mesmo obviamente.

A Mãe Natureza dá à luz Árvores,
tudo depende das Suas palavras,
também assim se fizeram as Pessoas.

Não há Ramos.
Tens que viver a Árvore enquanto crescem,
oxalá consiga ter muita folhagem.

II
Plantar uma Árvore na mata. Tiro a carta.
Compro um avião pro Engate e Inspiração,
para ter um Filho e fazer um Livro.

Bastou algum tempo Luz depois,
na Sua rota de colisão,
para se perceber que tudo Isto foi em vão.

Nesta altura,
vários Cometas atingem o Sol,
o Impacto cria uma Super Energia.

Até o Espaço se fez dia,
de tanta intensidade foi-se uma Era.
Lentamente aos nossos olhos desaparecera.

Terrivelmente rápido para a Terra,
nesta altura já não há Seres Vivos.
Já vários Planetas são velórios.

As Pedras ficarão paradas,
já não rodam sobre si próprias.
Alteraram a Sua Trajetórias.

Júpiter, as Luas agora Suas crateras,
atinge agora a Terra,
e simplesmente A empurra.

Durante a boleia de Júpiter,
o impacto quebrou lentamente o escudo
e a Terra congelou completamente tudo.

III
Sempre na mesma trajetória.
estava no ano zero
cheio de Gloria.

Aconteceu enquanto escrevia em vão,
pois isto afinal era só ficção.
Eu serei sempre esta historia.

Fim.

Josemariafonso


josemariafonso

 
Autor
josemariafonso
 
Texto
Data
Leituras
65
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.