https://www.poetris.com/
Poemas : 

Ai da saudade

 
Tags:  luciano    Spagnol    Bullus    Spadarott    Verconda  
 
Quanta saudade
Há nesta despedida
Dura realidade
A vida!

Ausentar é triste
A dor insiste
E também o amor
Que consola a dor

O vazio agiganta
A agrura tanta
Tanta saudade
De sua majestade
Saudade tanta

Agora sozinho
Sem o seu carinho
Sua poesia, otimismo, alegria
Nos meus versos, seus!
Adeus, Adeus.

© Luciano Spagnol
poeta do cerrado
São Paulo, SP
Dona Verconda Spadarott Bullus
poetisa entre montanhas e flores, São José do Calçado perde sua poetisa.


"Sou alma do cerrado, pé no chão, do Triângulo, do chapadão... Pão de queijo com café, fogão de lenha,das vilas ricas, arraiais, sou filho de Araguari, das Gerais".
Luciano Spagnol




 
Autor
LucianoSpagnol
 
Texto
Data
Leituras
151
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 09/08/2019 19:29  Atualizado: 09/08/2019 19:29
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2986
 Re: Ai da saudade
Gostei muito, a saudade impulsiona o poetar...

Abraço

Branca.