https://www.poetris.com/
Poemas -> Fantasia : 

Meu leito

 
Tags:  vida    poemas    introspeção  
 
Lembrarmo-nos do som,
fechar o quarto,
esperar que uma sejam muitas paredes para uma dissolução de sentimentos,...

ainda se davam oportunidades a algo,
esperando a comer que um de dois sorrisos voltasse antes que fosse manhã,
falariamos de roubos perfeitos,
ladrões que foram felizes enquanto uma flor vive e morre,
para que outra depois alise a Terra de novo para uma lágrima,...

no fim,
seriam tantos fins quanto o espaço
desfeito que permitimos entre nós,
talvez partisses,
eu ficaria ao sol da manhã,
até haver noite suficiente para que ressurgisses como meu leito

 
Autor
joanazdemelo
 
Texto
Data
Leituras
64
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.