https://www.poetris.com/
Poemas -> Tristeza : 

"nem hoje, nem ontem.."

 
Tags:  (e..)não(te) é(?)  
 


"Puderam vencer em mim o ardor,
que me levou a conhecer o mundo,
e os vícios e as virtudes dos homens..."


(Inferno)Dante Alighieri












bom termo da dúvida, em vela alta pra te ser
depois da luz, sobre cenas refeitas de paredes
que não se acautele, mas venha súbito de se ter
fossem ondas desfeitas a bater-lhe entre sedes

oh, água de lugar algum! espelho indiferente,
ah, queda da peça rubra dos seus dias regentes
é campanha dos descrentes próprios, olhos dela
mas acima de todos os santos, somente ela.

então, necessidade de sobreviver à correnteza
barco em velas cadentes e desde sempre, acesas
pronta aurora pra te pretender, até o horizonte

até onde, e defronte for a sua vez de preferir
onde aquilo que você quer, seja um lugar pra eu ir
onde notas e revoltas da água não te escondem





,nem hoje, nem ontem.

sequer
 
Autor
Azke.
Autor
 
Texto
Data
Leituras
79
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
0
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.