https://www.poetris.com/
Poemas : 

Na imensidão do invisível

 
A vida a fluir na primazia das coisas pequenas.
Digo da luz a calmaria
o azul íntimo a romper dissonâncias
e solidões.
O silêncio a arder neste mar parado
a pele vestida de memórias alinhadas
na respiração das palavras.
Janelas de entardecer a caminharem por entre o vento
na imensidão do invisível.


 
Autor
Briana
Autor
 
Texto
Data
Leituras
83
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 18/08/2019 23:24  Atualizado: 18/08/2019 23:24
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29264
Online!
 Re: Na imensidão do invisível
Uma poesia de tamanha beleza que nos comovem, belo