https://www.poetris.com/
Poemas : 

Laurie Strode

 
Passando por vales escuros
Não me sinto mais no controle
Me tornei meu próprio refém
Como pude acabar assim?.
Por quê mudar, se só isso me alimenta?
Pra quê correr, se a morte vai ser mais lenta?
Me sinto estranho desde que te conheci
Perdendo o medo do desconhecido
Não preciso correr pra chegar em casa
Porque sei que tu vai voltar!.
O desespero nunca acaba
A raiva sempre vai se levantar
E então vai ter que desistir!
Porque você não vai superar.

 
Autor
Murillo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
68
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.