https://www.poetris.com/
Poemas : 

Querer não é o mesmo que ter

 
O homem para a mulher
É como um violino sem cordas
Satisfazê-las no seu querer
No resto são como as modas

Apegadas a suas crenças
Não conseguem ver
De tantas as divergências
Que para a cabeça é um moer

Já nem o relógio se acerta
Começam a não ter coroa para rodar
Acertando-se pela a hora correcta
É o que a ciência nos está a dar

Os homens a seu modo destroem
De forma insensível desatam
Não lhes bastando quando moem
Por vezes ainda matam


 
Autor
Petrônio
Autor
 
Texto
Data
Leituras
96
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.