https://www.poetris.com/
Poemas : 

Desproporcionalidade

 
Criam-se os filhos
Sem nada exigir nem cobrar
Protegemos-los de sarilhos

Oferecem-te "escova p`ros dentes"
Não param de o recordar
Tornam-se impertinentes

Tanto deste
Tanto dás
Porque quiseste
tanto faz

 
Autor
Petrônio
Autor
 
Texto
Data
Leituras
61
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.