https://www.poetris.com/
Acrósticos : 

PRECONCEITO

 
(2010)


P obreza da alma
R idicula e presunçosa
E ngano de um ser humano
C ovarde, que se acha perfeito
O deia, que triste sentimento
N ascido da mesquinhez
C ancer da mente tapada
E squece que vai ser julgada
I ncita mas vai ser punida
T ortura e espera o castigo
O pressor também tem vida.

 
Autor
alvorada
Autor
 
Texto
Data
Leituras
42
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.