https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Quantos Césares fui eu !!!

 
Quantos Césares fui eu !!!
 














(Quando O César fui eu)



Quantos Césares fui, quantos Furriéis, comandos
E Cabos se atormentaram, indóceis
Degolados nas arenas, marcados, empalados
A ferros de Maio, imposto de chacais, Ido
A duas sílabas, marco milenar e tradição

Segundo Teutónicos e escribas, César
É o saber que não vacilo, me defino
Como o império perdido do fundo
De todas e outras estáticas épocas,
Bellenus, quanto acrobata d'Van Hell

E um "sui generis" Deum Solius nítido
Crescente, enquanto César sou eu,
Dispensado de comparecer perante
O juízo a padecer jusante dos oito
Brutus na ficção dum Justiniano d.C.

Agoniado é como me sinto, respiro
Como num presídio desde que falo
Do Imperador que fui, exilado emérito
Do Império que é meu domínio privado,
Efémero estado Alexandrino Cristão,

Judeu Messiânico o do Restelo, velho
Sem companhia e as imaginárias Índias
Do Ptolomeu astrólogo não se comparam
Ao orgulho de ter Rómulo, das colinas
Erigido Roma e o César Máximo fui eu,

Sou os desejo realizados e a antologia
Dos mesmos, "Triumphator" maior que
Pompeu e Cesário-o breve, o que viu
Mais puro que Cipião Assírio foi o César
Dos Césares qual reclamo ser, porque O fui...

César sOu eu...











Jorge Santos 11/2019
http://namastibetpoems.blogspot.com






















Jorge Santos, aliás Joel Matos,aliás namastibet

Cesar Santos

(born July 10, 1982)

Is a contemporary Cuban-American artist and portrait painter. He is better known for his Syncretism, a term he coined in 2011 to describe paintings where he presents two or more art tendencies in aesthetic balance. He has completed numerous commissions and his work is held in private as well as public collections around the world.

Santos' work has been displayed at the Annigoni Museum in Villa Bardini Florence, Beijing Museum in China, Museum of Contemporary Art in Sicily (MacS) and the National Gallery in Costa Rica. Santos is part of the Living Masters' Gallery at the Art Renewal Center in Glenham.
 
Autor
Jorge-Santos
 
Texto
Data
Leituras
307
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
48 pontos
8
4
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 07/11/2019 22:49  Atualizado: 11/11/2019 12:31
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2091
 Re: Quantos Césares fui eu !





A pose




Igual quanto o acrónimo (não linear) de Jorge Manuel Mendes dos Santos-(Joel Matos)-eu também sou dos que acredita no silêncio e no amor quando e enquanto podem, pois que na pose não há amor nem silencio, impor é pro amor como o azeite para a água ou o vinho na comunhão das almas puras, falso e vicioso o som que faz um padre se o vaso é apenas vaso e a água apenas vinagre e fraude.



J.S.











Open in new window

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 10/11/2019 08:57  Atualizado: 10/11/2019 08:58
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2091
 Re: Quantos Césares fui eu !
Open in new window

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 10/11/2019 09:15  Atualizado: 10/11/2019 10:22
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2091
 Re: Quantos Césares fui eu !
Open in new window



Open in new window

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 10/11/2019 09:16  Atualizado: 10/11/2019 09:18
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2091
 Re: Quantos Césares fui eu !
Open in new window



Open in new window


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 10/11/2019 12:02  Atualizado: 10/11/2019 12:02
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2091
 Re: Quantos Césares fui eu !
Open in new window

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 14/11/2019 13:06  Atualizado: 14/11/2019 13:06
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9329
 Re: Quantos Césares fui eu !!!
Bom dia Jorge-Santos , parabéns pelos vossos redundantes versos analisando ao proceder do muitos de nós mundo afora, MJ.