https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Amor distante

 
Tags:  amor    poema    paixão    distante    Estella Zegna  
 
O meu amor distante e constante
Me seduz com a voz do teu olhar
Quero tanto poder ele encontrar
E nesta sensação ser navegante

Teu gesto virtual penetra meu ser
Faz saudade haver, sentir paixão
Se te ter ou te perder é imprecisão
Certo é o arrepio a me percorrer

Cada oscilação de tua fala é emoção
Que vibram na alma em total prazer
Transbordando os fluidos do coração

Preciso, quero e necessito te ver
Amor distante, amor de comunhão
Seja presente e fiel no meu viver

Estella Zegna - Poetisa do mar
junho de 2009
Rio de Janeiro, RJ


Sou alma do cerrado, pé no chão, do triângulo, do chapadão. Pão de queijo com café, fogão de lenha, das vilas ricas, arraiais, filho de Araguari, das Gerais...
© Luciano Spagnol - poeta do cerrado

 
Autor
LucianoSpagnol
 
Texto
Data
Leituras
236
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Violante
Publicado: 19/11/2019 00:38  Atualizado: 19/11/2019 00:38
Da casa!
Usuário desde: 10/09/2019
Localidade: Campinas, Brasil
Mensagens: 396
 Re: Amor distante
Olá Poeta,

Amei o Amor distante. Grata pela partilha.

Carpe diem.